Sonho Certo » Variados » Decifrando sonhos

Decifrando sonhos

O ato de sonhar é uma viagem feita pela mente enquanto o corpo ainda descança. Em muitos momentos, os sonhos também surgem quando ainda se está acordado. Mas esses dois tipos de sonhos possuem diferentes composições e interpretações. Mesmo porque quando se está acordado, os sonhos se criam a partir de uma ideia, que vai produzindo outras pormenores. Já no sonho quando se está dormindo, os sonhos se formulam tendo como base as diferentes experiências obtidas e armazenadas pelo cérebro – desde sentimentos como a emoção, até mesmo o próprio medo.

Nem todos os sonhos possuem sentidos significativos. São os sonhos atribuídos as condições externas do indivíduo. Os sonhos que ocorrem quando a pessoa está doente, ou passou por momentos de muita tristeza, por exemplo, não tem uma interpretação suscinta, pois sofreu interferência daquela determinada situação. O mesmo acontece quando a pessoa ingere muita bebida alcoólica, ou faz uso de drogas, assim seu sonho não terá significância.

Para interpretar os sonhos, é necessário ter consciência sobre as distinção de cada tipo de sonho, e quais os fatores determinantes para o surgimento dele. Se dividem quanto as seguintes categorias:

  • Precognitivos – seu significado prediz acontecimentos importantes;
  • De advertência – significado prediz a presença de perigo eminente;
  • Factuais – seu significado prediz a confirmação de situações já conhecidas pela pessoa que sonha;
  • De inspiração – seu significado prediz sobre soluções quanto a algum problema;

Os detalhes de um sonho são muito importantes para que ele seja decifrado, mesmo porque o sonho é constituído de vários elementos, que são partes importantes para o significado do mesmo. A maneira como ele é construído indica diversas interpretações.

Em geral, objetos limpos e brilhantes podem indicar bons presságios, já coisa opacas e sujas, o oposto. Antes de tudo é necessário, fazer-se entender todo o contexto de vida em que a pessoa está inserida e introduzir a acepção do sonho em sua realidade.

Deixe um Comentário